04 janeiro, 2015

Resenha #38: A Garota Mais Fria de Coldtown.


A Menina Mais Fria de Coldtown

Titulo Original:The Coldest Girl in Coldtown.
Autora: Holly Black
Páginas: 384.
Editora: Novo Conceito.
Avaliação: ♥♥♥♥
Onde Comprar: Aqui
Sinopse: No mundo de Tana existem cidades rodeadas por muros são as Coldtowns. Nelas, monstros que vivem no isolamento e seres humanos ocupam o mesmo espaço, em um decadente e sangrento embate entre predadores e presas. Depois que você ultrapassa os portões de uma Coldtown, nunca mais consegue sair.
Em uma manhã, depois de uma festa banal, Tana acorda rodeada por cadáveres. Os outros sobreviventes do massacre são o seu insuportavelmente doce ex-namorado que foi infectado e que, portanto, representa uma ameaça e um rapaz misterioso que carrega um segredo terrível. Atormentada e determinada, Tana entra em uma corrida contra o relógio para salvar o seu pequeno grupo com o único recurso que ela conhece: atravessando o coração perverso e luxuoso da própria Coldtown.
A Menina Mais Fria de Coldtown, da aclamada Holly Black, é uma história única sobre fúria e vingança, culpa e horror, amor e ódio.
Resenha:Comecei meu 2015 com uma leitura maravilhosa, um livro cheio de altos e baixos e momentos de pura tensão, tenho certeza que em certos momentos eu devo ter segurado o livro com bastante força por causa do desespero que dá. A história é muito envolvente e te faz imaginar em certos pontos que é com você, a autora já conseguiu um espacinho no meu coração por causa disto.
Tana é uma adolescente quase comum que passou por muitos problemas na vida e o mundo que ela vive é caótico, nunca vi uma festa mudar a vida de uma pessoa. No meio da confusão toda e da grande aventura Tana tem ao seu lado o Aidan seu namorado que está passando por certa transformação e Gavriel um vampiro, muita coisa acontece e às vezes de um modo bem confuso, ao longo do caminho para a Coldtown, uma cidade onde ficam os vampiros tipo uma cadeia, eles encontram gêmeos que querem virar vampiros e ir para lá é o sonho deles.
Dentro da Coldtown me lembrou de The Walking Dead, o lugar da os ares em certas coisas. Lá dentro há certa hierarquia de vampiros e outros acontecimentos estranhos, o livro é muito complexo de resenhar porque qualquer detalhe a mais é um grande spoiler, mas se vocês gostam dessa pegada vampira e apocalipse é uma ótima dica.

© Devaneios Estrellares - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Design Divino.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo