18 abril, 2015

Resenha #45: Como Eu Era Antes De Você.



Título Original: Me Before You.
Autora: James Dashner
Editora: intrínseca
Páginas: 318
Avaliação: ♥♥♥♥♥
Onde Comprar: Aqui
Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.
Resenha: Mal terminei o livro e já quero todos os outros da Jojo Moyes, a escrita dela é tão fantástica quanto o livro. Como eu era antes de você tem tudo que livro precisa para ser um sucesso, momentos tristes, alegres e personagens bem desenvolvidos.
A história em si do Will é de superação, após a vida perfeita que tinha ser estraçalhada ao meio por um evento desagradável, ele acaba perdendo a vontade de tudo e é ai que entra Lou que também está em uma fase difícil pois a família depende dela financeiramente. Quando você lê o titulo já prevê algumas lagrimas e um pouco de desespero, o meio do livro eu fiquei totalmente tensa achando que tudo ia desabar ou ir bem, a relação do Will e da Lou é muito cheia de altos e baixos, porque ela é a cuidadora dele, porém acabam desenvolvendo uma amizade. O bom desse livro é que quando algo ruim acontece não passa rápido o acontecimento dura um capitulo inteiro e eu já não estava mais achando isso em outros livros.
O final foi mais ou menos esperado, mas mesmo assim eu fiquei devastada o modo que abordou a possível morte foi cruel e também mostrou que você pode tentar, mas nem sempre as pessoas querem se ajudar. O livro vai do divertido ao depressivo em vários momentos, cada personagem é um e certos momentos a relação da família da Lou pode parecer com a sua e isso é maravilhoso, adoro livros que parece que estamos conversando com a história.

© Devaneios Estrellares - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Design Divino.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo